quinta-feira, 22 de junho de 2017

SAÚDE: Dia Internacional de Sensibilização para a Escoliose assinala-se a 24 de junho

Escoliose pode afetar autoestima das crianças
O desvio acentuado da coluna vertebral é causa frequente de baixa autoestima nas crianças, uma situação que preocupa pais e profissionais de saúde. O alerta é da campanha nacional “Josephine explica a escoliose”, que pretende ajudar a compreender e ultrapassar o impacto que a escoliose tem na qualidade de vida das crianças e adolescentes.
"Embora muito associada a dor dorsal ou lombar a escoliose idiopática é uma patologia relativamente silenciosa sendo o primeiro sintoma a deformidade estética do tronco, tão valorizada,  que acaba por surpreender os adolescentes e os pais. É hoje bem reconhecida a forte correlação entre a deformidade do tronco e a baixa da autoestima entre as crianças afetadas. Só em casos mais avançados poderá haver compromisso respiratório e por último cardíaco, sobretudo em escolioses de origem muito precoce e quando não tratadas. A incidência de dor nos adolescentes com escoliose por sua vez é sobreponível à da população em geral", esclarece Pedro Fernandes, ortopedista do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e coordenador desta campanha.
Acrescenta ainda que “a abordagem terapêutica vai desde a simples observação ao famigerado colete como opções conservadoras, onde a participação em atividades desportivas ou reabilitação deverá ser encorajado. Por fim, em casos de deformidades avançadas a cirurgia é a opção a ser equacionada, procedimento que, dados os avanços registados nos últimos anos, se tem revelado muito segura e eficaz”.
“Josephine explica a escoliose” é uma campanha nacional de sensibilização e esclarecimento sobre a escoliose pediátrica, a principal deformidade da coluna em crianças e adolescentes. A campanha tem como embaixadora a girafa Josephine (Jo, para os mais pequenos) e conta com o patrocínio científico da Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia (SPOT) e da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), com o apoio da Medtronic.
Para mais informações sobre a campanha consulte o Facebook:
https://www.facebook.com/girafajosephine

segunda-feira, 19 de junho de 2017

AVIS: 19º Concurso de Pesca Inter-Autarquias

No próximo dia 24 de junho, a Albufeira do Maranhão, em Avis, acolhe o 19.º Concurso de Pesca Inter-Autarquias do Município de Avis.
Esta iniciativa, organizada pelo Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Avis (CCDTCMA) com o apoio do Município de Avis, irá decorrer na Zona da Carapeta e Vale de Peles.
A concentração dos participantes vai acontecer, pelas 06h00, junto ao Mercado Municipal, local onde também será efetuado o sorteio dos pesqueiros.
Finda a competição, que deverá estender-se até às 12h30, seguir-se-á a pesagem do peixe capturado e a sua devolução às águas da Albufeira, culminando este encontro com um almoço/convívio, entre trabalhadores das autarquias, no Casão da Casa do Benfica em Avis, altura em que também irá ter lugar a entrega de prémios aos vencedores.

Marchas populares animam concelho de Avis

No mês consagrado aos santos populares, Santo António, São João e São Pedro, onde os símbolos associados a esta festividade – os arcos, os manjericos, os balões e as sardinhas assadas têm lugar cativo, o Município de Avis, contando com o apoio das Freguesias/Uniões de Freguesias vai voltar a assinalar uma das mais representativas manifestações da cultura popular com a realização dos Desfiles de Marchas Populares, este ano subordinadas ao tema A Alma e a Gente de Avis.
A edição de 2017, a decorrer de 9 de junho a 1 de julho, em todo o Concelho, irá ter o seu momento alto, no dia 9 de junho, pelas 21h30, no Largo do Convento, em Avis, com a participação de todos os marchantes no grande Desfile, evocativo das temáticas, factos, personagens e outros aspetos tradicionais do Concelho de Avis, que proporcionará um espetáculo cheio de movimento, alegria e cor, à população que habitualmente assiste às coreografias.

Seguem-se os festejos por todo o Concelho, onde não irão faltar, nos largos e nas praças, as marchas, os arraiais, as sardinhas e os bailes: a 10, em Alcórrego, a 14, em Benavila, a 17, em Ervedal, a 23, em Figueira e Barros, a 24, em Aldeia Velha e a 30, em Valongo. Em Maranhão, o colorido, a alegria, a imaginação e o espírito popular vai sair à rua, no dia 1 de Julho.

SALVATERRA DO EXTREMO (Idanha a Nova): Festival Salva a Terra


PORTALEGRE: Torneio de Encerramento de Atletismo - Pista


ALPALHÃO: 2ª Feira da Flor


FRONTEIRA: Festa da Juventude