sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Nisa presente na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa

Integrando a participação do Turismo do Alentejo, E.R.T. na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), o concelho de Nisa estará representado neste certame através da mostra e venda de produtos tradicionais, tendo como ponto alto da participação o dia 1 de março, com desfile de trajes tradicionais de Nisa.
O Alentejo é o destino convidado da BTL 2015, que irá decorrer de 25 de fevereiro a 1 de março, na FIL e a Câmara Municipal de Nisa associa-se a este grande evento internacional que pretende afirmar, promover e atrair mais visitantes ao território.
A participação nisense inclui prova, degustação e venda de produtos endógenos (queijo, mel, enchidos, licores e vinhos) apresentação de serviços (termas, percursos pedestres), mostra do artesanato (olaria, feltros, alinhavados) culminando, no dia 1 março, pelas 13h00, com a exibição de um grupo infantil que fará uma demonstração das danças e cantares do concelho de Nisa e dos trajes tradicionais de inigualável beleza e riqueza em toda a região.

A representação do Município de Nisa insere-se na estratégia de promoção turística do concelho como um destino a visitar pela sua riqueza em termos de património histórico, desporto de natureza, preservação dos saberes e sabores tradicionais, de bem-estar e qualidade de vida.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

MONTALVÃO (Nisa): Concerto evocativo do nascimento de Bach


NISA: Inicaminhada "Na Rota da Tapada de Linhais"

A Secção de Caminheiros da INIJOVEM, irá dar inicio ao seu plano de atividades para 2015, no próximo dia 22 de Fevereiro (domingo), com a 2ª edição do percurso pedestre em travessia "Na Rota da Tapada de Linhais”, entre Nisa e o Monte Claro. Trata-se de uma caminhada com cerca de 11,5 km de distância e grau de dificuldade fácil.
Este passeio pretende dar a conhecer, entre outros pontos de interesse, a Ribeira de Figueiró, a Coudelaria Ribeirinho Paralta e a vinha/adega "Tapada de Linhais" em Monte Claro.
Do programa consta, para além da caminhada, um reabastecimento na Coudelaria Ribeirinho Paralta, uma visita guiada à vinha/adega “Tapada de Linhais” e um almoço convívio.
Todos os interessados em participar deverão inscrever-se, até ao dia 19 de Fevereiro (5ª feira), através de uma das seguintes modalidades:
Online em http://inijovem.blogspot.com/ ou diretamente na sede da Associação, na Rua Marechal Gomes da Costa, 12 em Nisa. Para mais informações: 245 413671, 932783303 ou através do email: inijovem@gmail.com .
Informações úteis:
- 08H30: Concentração em Nisa na sede da INIJOVEM;
- 08h50: Boas vindas e briefing;
- 09h00: Início da caminhada;
- 10h30: Reabastecimento na Coudelaria Ribeirinho Paralta
(Tapada das 3 Cruzes);
- 12h30: Chegada à Vinha/Adega da Tapada de Linhais (Monte Claro), seguida de visita guiada;
- 13h00: Almoço convívio;
- 16h30: Regresso a Nisa em viaturas da organização;
- Percurso previsto: Nisa – E.N. 359 (Nisa/Monte Claro) – Maria Dias – Ribeira de Figueiró – Chão de Sares – Tapada das 3 Cruzes – travessia da EN 359 – E.M. 1002 (Velada/Monte Claro) – Monte Claro – Tapada de Linhais;
(Atenção: o percurso poderá estar sujeito a alterações)
 - Distância Prevista: 11,5 km em travessia;
- Grau de Dificuldade: Fácil;
- Tipo de Percurso: em travessia, de pequena rota, por caminhos rurais e com passagens ocasionais por troços de asfalto, entre Nisa/Monte Claro e entre a Velada/Monte Claro, com desníveis de terreno pouco acentuados;
- Pontos de interesse: Ribeira de Figueiró, Coudelaria Ribeirinho Paralta, paisagens vinhateiras (Tapada de Linhais);
- É obrigatório o pagamento no ato de inscrição, o qual inclui:
Seguro, documentação, enquadramento técnico na atividade, reabastecimentos e viaturas de apoio (transporte de regresso);
- Data limite de inscrição: 19 de Fevereiro (5ª feira);
Equipamento Aconselhável
- Roupa e calçado adequado, botas de trekking com membrana impermeável;
- Peúgas de micro fibras, sem costuras, de poliéster ou de poliamida;
- Mochila cómoda (frutos secos, fruta e água);
- Agasalho ou impermeável (em caso de frio ou chuva);
- Cajado ou bastão articulado;
- Máquina fotográfica.
CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO:
Sócios da INIJOVEM (quota de Fevereiro de 2015):
· Com Carta de Montanheiro – 3,50 €
· Sem Carta de Montanheiro – 4, 50 €
· Até 12 anos – inscrição gratuita
Sócios na hora:
· 5,50 €
· Até 12 anos – inscrição gratuita
Modalidades de pagamento:
· Em dinheiro
· Por cheque à ordem de Inijovem
· Por transf. bancária, NIB: 003505370001227793045 *
· Vale postal
  • Por transferência bancária deverá fazer prova da mesma, enviando o comprovativo para: Apartado 66 6050-999 NISA ou para o e-mail: inijovem@gmail.com.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

ALPALHÃO (Nisa): Cultura e Tradição no Carnaval de Alpalhão

Alpalhão Terra de Valor
O Carnaval são três dias, mas em Alpalhão o Carnaval começa duas semanas antes da dita terça-feira de Carnaval.
Na quinta-feira antes do Domingo Magro, é dia de compadres. Nesse dia as mulheres vestem-se de negro, para fazerem o enterro dos compadres. Neste dia há um desfile na vila, composto por várias mulheres vestidas de preto, um padre alegórico, e um boneco numa caixa, que simboliza o compadre morto. As mulheres nesse dia levam também um bouquet composto por ortigões e chocalham os compadres.
No Domingo Magro, há um tema para as pessoas que se pretendem disfarçar, para saberem que tem de ir relacionadas com o tema proposto. Nesse dia há um desfile pelas ruas de Alpalhão e a tradicional matiné na Sociedade Recreativa Alpalhoense.
Na quinta-feira antes do Domingo Gordo, é dia de comadres. No qual as mulheres e os homens se vestem à moda de Alpalhão, com o traje tradicional “Alpalhoeiro”. Nesse dia de manhã há um desfile pelas ruas com as crianças da escola e com alguns elementos do Grupo de Contradanças de Alpalhão. Normalmente as mulheres juntam-se em grupos e vão almoçar fora. À noite há baile na Sociedade Recreativa Alpalhoense. Nesse dia os compadres chocalham as comadres e é tradição comer-se Arroz Doce
Atualmente no Sábado Gordo costuma haver um baile de máscaras com concurso para o melhor disfarce na Tapada das Safras.
O Domingo Gordo é semelhante à quinta-feira de comadres. Mas neste dia o desfile que alegra as ruas de Alpalhão é composto pelo Grupo de Contradanças de Alpalhão e por habitantes que se queiram juntar ao desfile. À noite haverá novamente um baile, na sociedade.
Na segunda-feira de Carnaval, em Alpalhão denominada por Segunda-feira de Ciganas, as mulheres vestem-se de ciganas e os homens de ciganos. Este dia é composto por um desfile muito jovial e por um grande baile na Sociedade Recreativa Alpalhoense.
Na Terça-feira de Carnaval cada pessoa disfarça-se ao seu gosto. Haverá um desfile pela tarde e baile à noite. Nesse dia no baile costuma haver um concurso para o melhor disfarce ou grupo disfarçado e pela meia-noite há o enterro do entrudo. Atualmente os jovens costumam-se juntar em grupos, escolhem um tema e fazem os fatos, para este dia.
Muitas dessas tradições são sustentadas pelo Grupo de Contradanças de Alpalhão, pela Sociedade Recreativa Alpalhoense e por algumas associações locais.
Fábio Belo