quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

ALCAINS: Exposição “No Fundo de Uma Malga”

Data: 30 de Janeiro a 20 de Março
Local: Centro Cultural de Alcains - Museu do Canteiro

Partindo de um conjunto de malgas e taças da colecção particular do Dr. Francisco Elias e de alguns fragmentos cerâmicos cedidos pelo Museu Arqueologico do Fundão, No Fundo de uma Malga pretende apontar para os diferentes simbolismos da cerâmica ao longo dos tempos. Se a invenção e utilização do barro para produzir recipientes cerâmicos (Neolítico 6.000 – 3.000 a.C.) marca o fim do nomadismo e o inicio da agricultura e pastoreio, no século XX as malgas ganham evidentemente outro simbolismo. Os fragmentos cerâmicos do Museu Arqueológico do Fundão apresentados foram recolhidos no  Povoado Neolítico do Souto do Senhor (Telhado), o núcleo de ocupação mais antigo até hoje identificado nesse concelho. O acervo do Dr. Francisco Elias é constituido, na sua maioria, por peças da extinta fábrica de Louças de Sacavém, dado o seu protagonismo técnico, artístico e científico no século XX, possui também exemplares de outras marcas bem emblemáticas de produção nacional de loiça doméstica da mesma época, nomeadamente, da Lvsitania, Vista Alegre, Massarelos e Loiças de Coimbra.