segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Inauguradas as novas instalações da APPACDM em Évora

Um Centro de Atividades Ocupacionais e duas Residências Autónomas foram inaugurados, no passado dia 22 de Janeiro, nas instalações da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) em Évora, num investimento comparticipado por fundos comunitários que dará resposta de qualidade a quase 400 utentes.
Estas instalações permitiram criar a nova resposta social de Centro de Atividades Ocupacionais adaptado às necessidades das pessoas com deficiência com capacidade para 45 utentes. O objetivo é acrescentar qualidade à vida destas pessoas através da melhoria na prestação dos serviços de reabilitação. A resposta social Residência Autónoma, que inclui duas residências, visa promover a transferência de utentes autónomos da Unidade Lar Residencial, aumentando assim a capacidade de responder aos mais envelhecidos e com necessidade de intervenção premente.
A cerimónia foi de festa, apresentada pelo locutor José Carlos Malato (Padrinho da APPACDM) e contou com a participação da Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas Com Deficiência, Ana Sofia Antunes e de diversas instituições, entre elas a Câmara Municipal de Évora.
“Hoje é a concretização de um sonho”, salientou o Presidente da Direção da APPACDM de Évora, Silvino Costa, recordando em traços breves o percurso feito para chegar aqui e destacando o trabalho e grande empenho das diversas instituições e pessoas para a concretização do projeto que “é acima de tudo da cidade de Évora”.
Também essa foi a tónica da intervenção da Diretora da Segurança Social de Évora, Sónia Ramos, sublinhando também a importância do projeto-piloto agora aqui implementado das residências autónomas para os utentes.
O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, destacou o papel deste empreendimento realçando que “o desenvolvimento tem uma componente económica, mas também uma componente social, sendo que este tipo de investimento responde a um problema social, dinamiza a economia e cria emprego”.
A Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas Com Deficiência, Ana Sofia Antunes, apontou a relevância do trabalho aqui realizado, reconhecendo o valor da colaboração de todos os parceiros para a concretização desta obra, tal como a resposta inovadora e fundamental das residências autónomas que permite aos utentes “condições de maior liberdade e inclusão na comunidade.
A Évora Local TV também esteve presente na inauguração. Veja a reportagem abaixo ou visite o Canal no Youtube em http://www.youtube.com/municipioevora.