sábado, 13 de fevereiro de 2016

Restauração do Pelourinho em Vila Velha de Ródão

O Laboratório de Conservação e Restauro de Materiais Pétreos do Instituto Politécnico de Tomar, está, neste momento a executar a obra de restauração do Pelourinho, referência histórica séc. XIV-XV, em Vila Velha de Ródão.
Recorde-se que em maio do ano passado, o Pelourinho (classificado como Imóvel de Interesse Público) foi alvo de destruição parcial por um veículo de mercadorias que circulava no local.
Na sequência do acidente foram identificados vários problemas no imóvel, nomeadamente: a coluna cilíndrica (fuste) foi arrancada da sua base, sofrendo uma fratura total transversal que provocou o seu fracionamento em dois blocos; o topo superior do fuste, que originalmente incluía uma lajeta de secção quadrangular, destinada a servir de encaixe à peça terminal do monumento [capitel] foi destruído em cerca de 50% da sua área; a peça terminal (capitel), de formato cúbico, foi fraturada e no Capitel que apresenta nas suas 4 faces motivos heráldicos, a cruz da Ordem de Cristo e o escudo nacional revelaram uma fratura no seu bordo inferior.
A Câmara Municipal de V. V. Ródão incitou, na altura, rapidamente esforços junto da Direção Regional da Cultura do Centro (D.R.C.C.) de forma a recuperar o Pelourinho o quanto antes, no entanto trâmites processuais, envolvendo a seguradora do veículo e a D.R.C.C., provocaram um atraso no processo de restauro sendo só agora possível dar seguimento à execução da obra.

Prevê-se que a conclusão da obra de restauro do Pelourinho seja efetuada até ao final do mês de fevereiro.