terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Thierry Gueorgiou e Tove Alexandersson foram os grandes vencedores do Norte Alentejano O' Meeting 2016.

Num evento onde a intempérie rivalizou em protagonismo com o empenho de organização e participantes, ambos os atletas mostraram o porquê de ocuparem o segundo lugar nos respetivos rankings mundiais, batendo a concorrência por margens confortáveis.
Chegou ao fim a 10ª edição do Norte Alentejano O' Meeting. Evento com créditos firmados, aquém e além fronteiras, o NAOM 2016 atraiu este ano a Castelo de Vide um milhar de atletas de 21 países, para dois dias de excelente Orientação em terrenos de sonho. A organização, a cargo do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos, Município de Castelo de Vide, Federação Portuguesa de Orientação e Federação Internacional de Orientação, esteve uma vez mais ao melhor nível, lutando denodadamente contra a inclemência e as agruras do tempo que foi, desta feita, um dos grandes protagonistas.
No escalão de Elite Masculina, o Francês Thierry Gueorgiou (Kalevan Rasti) foi o grande vencedor, inscrevendo o seu nome no Quadro de Honra do NAOM pela segunda vez, depois do triunfo alcançado em 2014. Não sem surpresa, a vitória na derradeira etapa coube ao Sueco Emil Svensk (Stora Tuna OK), percorrendo a distância de 5,8 km em 34:18 e gastando menos 16 segundos que Gueorgiou. Mas enquanto o Sueco não tinha ido além do 55º lugar na primeira etapa, estando, por isso, foram das contas finais, o Francês partia para a prova decisiva com uma vantagem próxima dos dois minutos sobre o seu mais direto adversário, o Norueguês Olav Lundanes (Halden SK). Vantagem essa ampliada hoje para os 2:24, mercê de mais uma prova de grande nível do tri-Campeão do Mundo de Distância Longa em título.
Terceiro classificado nesta etapa, ex-æquo com Lundanes, o Sueco Johan Högstrand (IFK Göteborg) ascendeu ao terceiro lugar na classificação final. Tiago Romão (GafanhOri), na 30ª posição com o tempo de 40:26, foi hoje o melhor português, enquanto o seu companheiro de equipa, Manuel Horta, terminou este NAOM 2016 no 47º lugar da geral e foi o melhor atleta luso.

Na Elite Feminina, a Sueca Tove Alexandersson (Stora Tuna OK) voltou a ser a grande vencedora, concluindo o seu percurso de 4.6 km em 30:23. Fazendo uma breve pausa na temporada de Orientação em Esqui, cujo ranking mundial lidera por expressiva margem, Alexandersson veio a Castelo de Vide mostrar o porquê de ser apontada como a nova rainha da Orientação mundial, inscrevendo pela primeira vez o seu nome no Livro de Honra do Norte Alentejano O' Meeting. Tal como na véspera, a Finlandesa Marika Teini (SK Pöhjantahti) voltou a ser segunda classificada, com mais 1:52 que Alexandersson. A Norueguesa Ida Marie Næss Bjørgul foi terceira classificada na etapa e na classificação final. A melhor portuguesa foi de novo Mariana Moreira, concluindo com o tempo de 42:14, o que lhe valeu o 30º lugar nesta etapa e o 39º lugar nas contas finais. Em Homens Elite, a vitória sorriu ao Sueco Erik Classon (OK Orinto), à frente do Norueguês Håkon Raadal Bjørlo (Halden SK). Na terceira posição, ex-æquo, classificaram-se o Sueco Daniel Roos (Attunda OK) e o Espanhol Eduardo Gil Marcos (Tjalve).
 Classificação Final
Homens Super Elite
1. Thierry Gueorgiou (Kalevan Rasti) 1:12:54 (+ 00:00)
2. Olav Lundanes (Halden SK) 1:15:20 (+ 02:24)
3. Johan Högstrand (IFK Göteborg) 1:18:14 (+ 05:20)
4. Hannu Airila (Kalevan Rasti) 1:18:18 (+ 05:24)
5. Sven Hellmüller (Swiss Ori Team) 1:18:32 (+ 05:38)
Damas Elite
1. Tove Alexandersson (Stora Tuna OK) 1:02:38 (+ 00:00)

2. Marika Teini (SK Pöhjantahti) 1:08:11 (+ 05:33)
3. Ida Marie Næss Bjørgul (Halden SK) 1:11:43 (+ 09:05)
4. Anastasia Rudnaya (MS Parma) 1:13:01 (+ 10:23)
5. Amilia Björklind (Sävedalens AIK) 1:14:07 (+ 11:29)
Homens Elite
1. Erik Classon (OK Orinto) 1:27:59 (+ 00:00)
2. Håkon Raadal Bjørlo (Halden SK) 1:28:46 (+ 00:47)
3. Daniel Roos (Attunda OK) 1:31:03 (+ 03:04)
3. Eduardo Gil Marcos (Tjalve) 1:31:03 (+ 03:04)
5. Anders Felde Olaussen (Halden SK) 1:32:17 (+ 04:18)
​Texto e fotos: Joaquim Margarido