domingo, 20 de novembro de 2016

Marcha pelo regresso do comboio à Linha do Leste chegou à “estação terminal”



Terminou hoje em Elvas a Marcha de Os Verdes pelo regresso do comboio de passageiros à Linha do Leste.
Esta Marcha teve o seu inicio coincidente com ao abertura do debate do Orçamento de Estado na Assembleia da República, no dia 4 de Novembro, e levou os ecologistas a percorrer a pé os cerca de 60 kms que separam Portalegre de Elvas, percurso no qual não existe atualmente nenhum serviço ferroviário para passageiros.
“O comboio faz falta, muita falta” foi a frase mais ouvida pelos ecologistas no contacto que foram tendo com a população das terras pelas quais foram passando, Portalegre, Assumar, Arronches, Sta. Eulália, S. Vicente e Elvas, terras que até 2012 eram servidas pelo comboio. As opiniões e testemunhos das populações ficaram inscritas num “Livro de viagem” que Os Verdes vão agora entregar ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas.
Para Os Verdes é urgente que o serviço de passageiro seja reposto, dando cumprimento à Resolução proposta pelo PEV e aprovada por unanimidade pela AR há cerca de um ano.
Repor o transporte ferroviário de passageiros será um importante contributo inegável para combater o despovoamento e o isolamento desta região e para ajudar o distrito de Portalegre a sair da situação de letargia na qual se encontra.
O apoio e bom acolhimento que Os Verdes receberam da população, durante esta Marcha, reforçou não só a convicção do PEV sobre a justeza desta pretensão como o seu empenho para a continuação das conversações que tem vindo a manter com mo Governo sobre esta matéria.

 19/11/2016 - O Partido Ecologista «Os Verdes»