terça-feira, 29 de novembro de 2016

Ricardo Gordo encerra Festival de Outono na Casa de Artes

Vila Velha de Ródão encerrou o Festival de Outono, iniciativa promovida pela autarquia de Vila Velha de Ródão, com o concerto de Ricardo Gordo, no auditório da Casa de Artes e Cultura do Tejo. Ricardo Gordo (guitarra portuguesa) e seus músicos Samuel Lupi (guitarra acústica) José Sales (baixo) e Paulo Martins (bateria/percussão) apresentaram temas do CD MAR DESERTO.
Ricardo Gordo, natural de Portalegre, é considerado o “novo valor da guitarra portuguesa”, ora pelo diálogo improvável desta com o rock e o heavy metal, ora pelo experimentalismo na onda do já chamado fado metal. Dos blues ao jazz, swing, hip-pop, folk lusa ou música eletrónica, são géneros e influências que Ricardo Gordo explora, alargando os horizontes, o ritmo e o timbre único da guitarra portuguesa para lá do fado.
O 1º espetáculo do Festival de Outono deste ano deu-se com um Recital de piano com Inês Andrade, pianista internacional, que interpretou com uma performance brilhante ao piano, Obras de Chopin, Freitas Branco e Keil

Recorde-se que as edições do Festival de Outono, tiveram sempre como palco a Casa de Artes e Cultura do Tejo, tendo na edição do ano passado contado com a participação do Grupo de Música de Câmara da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco (ESART), do Grupo de Música de Câmara do Conservatório Regional de Castelo Branco (Big Band e Ensemble de Cordas); com a realização do 1.º Encontro de Coros da Santa Casa da Misericórdia de Vila Velha de Ródão, que contou com a participarão do Grupo Coral anfitrião, o Orfeão de Castelo Branco, o Orfeão da Santa Casa da Misericórdia de Gouveia e o Grupo de Cantares da Casa do Povo de Montalvo. E a encerrar ao Festival de Outono 2015 teve lugar o espetáculo do maestro Rui Massena a esgotar o auditório da Casa de Artes e Cultura do Tejo.