terça-feira, 29 de novembro de 2016

Ricardo Gordo encerra Festival de Outono na Casa de Artes

Vila Velha de Ródão encerrou o Festival de Outono, iniciativa promovida pela autarquia de Vila Velha de Ródão, com o concerto de Ricardo Gordo, no auditório da Casa de Artes e Cultura do Tejo. Ricardo Gordo (guitarra portuguesa) e seus músicos Samuel Lupi (guitarra acústica) José Sales (baixo) e Paulo Martins (bateria/percussão) apresentaram temas do CD MAR DESERTO.
Ricardo Gordo, natural de Portalegre, é considerado o “novo valor da guitarra portuguesa”, ora pelo diálogo improvável desta com o rock e o heavy metal, ora pelo experimentalismo na onda do já chamado fado metal. Dos blues ao jazz, swing, hip-pop, folk lusa ou música eletrónica, são géneros e influências que Ricardo Gordo explora, alargando os horizontes, o ritmo e o timbre único da guitarra portuguesa para lá do fado.
O 1º espetáculo do Festival de Outono deste ano deu-se com um Recital de piano com Inês Andrade, pianista internacional, que interpretou com uma performance brilhante ao piano, Obras de Chopin, Freitas Branco e Keil

Recorde-se que as edições do Festival de Outono, tiveram sempre como palco a Casa de Artes e Cultura do Tejo, tendo na edição do ano passado contado com a participação do Grupo de Música de Câmara da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco (ESART), do Grupo de Música de Câmara do Conservatório Regional de Castelo Branco (Big Band e Ensemble de Cordas); com a realização do 1.º Encontro de Coros da Santa Casa da Misericórdia de Vila Velha de Ródão, que contou com a participarão do Grupo Coral anfitrião, o Orfeão de Castelo Branco, o Orfeão da Santa Casa da Misericórdia de Gouveia e o Grupo de Cantares da Casa do Povo de Montalvo. E a encerrar ao Festival de Outono 2015 teve lugar o espetáculo do maestro Rui Massena a esgotar o auditório da Casa de Artes e Cultura do Tejo.

Santa Casa da Misericórdia de Portalegre prepara-se para celebrar o Natal

Música, ponto de venda de Natal e festa com a família são algumas das atividades da instituição para assinalar esta época festiva
A Santa Casa da Misericórdia de Portalegre prepara-se para celebrar o Natal com diversas atividades para utentes e famílias.
Ao longo do mês de Dezembro haverá música ambiente alusiva ao Natal nas instalações da Santa Casa e os técnicos da instituição prometem continuar a animar os utentes com alegria e amor. Além disso haverá também, à semelhança do ano passado, um ponto de venda de Natal aberto ao público com bolos tradicionais de Natal e objetos elaborados pelos utentes com todo o seu saber fazer e criatividade onde se podem encontrar trabalhos em madeira, cortiça, crochê e tricot, retalhos de tecido, bijuteria etc. O ponto de venda de Natal situa-se no átrio de entrada da Instituição e terá um horário de funcionamento das 9h00 às 18h30 incluindo fins-de-semana.

No dia 18 de Dezembro será realizada uma festa de Natal no período da tarde, que reúne utentes e famílias e que pretende reforçar os valores cristãos da Instituição e do Natal como solidariedade, amizade, amor e entreajuda, perdão, acolhimento etc. A Festa terá início com a celebração de uma missa, nas instalações da Instituição, às 14:30h seguindo-se um lanche, a representação de uma peça de teatro com a participação de utentes e familiares e terminando com um jantar e distribuição de prendas de Natal.

SERPA: Exposição "Sombra e Luz"

A Câmara Municipal de Serpa através da Academia Sénior inaugura hoje a exposição Sombra e Luz, às 11h00, no Centro Social e Educativo – Pólo 3, em Serpa, e ficará patente até 2 de dezembro.
A exposição “Sombra e Luz” tem como principal objetivo sensibilizar a população para o flagelo da violência sobre as mulheres. A violência doméstica, situação mais comum de violência, abrange vítimas de todas as condições e estratos sociais e económicos; assim como os seus agressores. De acordo com os dados da APAV, as mulheres representam mais de 81% das pessoas atendidas na sua rede nacional de 15 Gabinetes de Apoio à Vítima.
Num cenário de crise económica a situação destas mulheres agrava-se devido à sua vulnerabilidade, que fará com que as vitimas encontrem maiores dificuldades em reformular ou reconstruir as suas vidas. Combater a violência contra as mulheres é um dever da comunidade.
A Câmara Municipal de Serpa/Academia Sénior de Serpa junta-se às inúmeras iniciativas nacionais onde as mulheres mais velhas fazem ouvir a sua voz sensibilizando a população para a irradicação da violência sobre as mulheres que são as mães, as filhas e as avós da nossa comunidade.
Os trabalhos têxteis realizados retratam a imagem da mulher. Uma imagem de LUZ, que representa a força e o brilho que cada mulher encerra e a SOMBRA que revela o lado oprimido. As imagens são belas, mas vistas com atenção todas revelam o flagelo e a tristeza a que as vítimas são sujeitas. Cada aluna trabalhou de forma a melhor conseguir transmitir a sua mensagem de “Sombra e Luz”.

ARRAIOLOS: 31º Aniversário do Rancho Etnográfico "Os Camponeses"


Escritora Ana Simão à conversa com leitores em Sardoal

Ana Simão, autora de “A Menina dos Ossos de Cristal”, estará no Sardoal no próximo dia 2 de dezembro para uma conversa com os leitores.
A iniciativa, organizada pela Rede de Bibliotecas de Sardoal, insere-se no âmbito do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e contará com sessões dedicadas aos alunos do Agrupamento de Escolas de Sardoal e uma aberta ao púbico em geral. Esta última terá lugar às 15h30m no Centro Cultura Gil Vicente.
Nesta obra, Ana Simão “esconde-se por detrás da história da menina dos ossos de cristal para contar a sua própria história”. Trata-se de uma história sobre uma vida marcada por uma doença rara que, desde cedo, lhe toldou os dias e lhe roubou parte da infância e da adolescência.
Numa das alturas mais complicadas que teve de enfrentar por causa da osteogénese imperfeita, Ana Simão começou a escrever, por sugestão médica. O resultado desse trabalho é o livro «A Menina dos Ossos de Cristal», lançado nos primeiros meses de 2014, pela Guerra e Paz Editores, integrado no Clube do Livro SIC. Ana Simão conseguiu, apesar das dificuldades e condicionantes inerentes à doença, trabalhar, licenciar-se e fazer uma pós-graduação.
A obra “A Menina dos Ossos de Cristal” faz parte do Programa Ler+ - Plano Nacional de Leitura enquanto livro recomendado para a formação de adultos.

A participação nesta iniciativa é aberta ao público em geral e gratuita.

MOURÃO: Mercado de Natal

À semelhança do ano anterior a autarquia volta a dinamizar no próximo mês de dezembro o Mercado de Natal, um evento que decorre nos dias 3, 10 e 18 e que surge com muita surpresas. As inscrições, para expositor, encontram-se abertas até dia 30 de novembro na Unidade Sociocultural e Desportiva do Município (antiga Escola C+S).

"Carvoeiras" venceu o Concurso de Fotografia "Património (I) Material do Concelho de Serpa

"O III Concurso de Fotografia “Património (I) Material do Concelho de Serpa”, promovido pelo Município de Serpa, contou nesta terceira edição com 15 participantes e um total de 54 fotografias.
O júri foi constituído por Augusto Rézio Brázio (fotógrafo), Nicola Di Nunzio (fotógrafo) e Maria Isabel Estevens (Vereadora da Câmara Municipal de Serpa).
As 54 fotografias enquadrarão a exposição alusiva ao concurso, a decorrer de 3 a 31 de dezembro de 2016, na Biblioteca Municipal de Serpa, com inauguração prevista para dia 3 pelas 11h00.
1.º Prémio, fotografia “Carvoeiras I, Pias” de Rui Filipe Moniz Cambraia; no valor de 1000 euros.
2.º Prémio, fotografia “Azenha, rio Chança de VVFicalho” de Manuel Ricardo Zambujo; no valor de 750€.
3.º Prémio (ex aequo), fotografia “Se passares à minha aldeia, VNSBento” de Ana Filipa Palma da Silva, no valor de 350€.
3.º Prémio (ex aequo), fotografia “Quero ir para o Altinho, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe” de Humberto Miguel Ribeiro Morais, no valor de 350€.
Menção Honrosa, fotografia “Santa, Serpa” de Ana Filipa Garin Scarpa
Menção Honrosa, fotografias “Azenha, rio Guadiana, Serpa” e “Mó da azenha, rio Guadiana, Serpa” de Ricardo Jorge Fernandes Granjeia.
Menção Honrosa pelo conjunto de quatro fotografias, “Girassol, estação de comboios de Brinches”; “Asa, Serpa”; “Entre Danças, Barragem do Enxoé”; “Solo, Serpa” de Pedro Ricardo Silva Gomes de Almeida.

Encontro de Empresários do Concelho de Mértola traça caminhos para o futuro


A Câmara Municipal de Mértola promove no próximo dia 3 de dezembro o 13.º Encontro de Empresários do Concelho, uma iniciativa que pretende estimular o contato entre empresários e fornecer informações úteis á sua atividade.
O encontro terá lugar no Cine-teatro Marques Duque, em Mértola e contará na sessão de abertura com o Presidente da Câmara Municipal de Mértola, Dr. Jorge Rosa e o Presidente do NERBE/AEBAL, Dr. Filipe Pombeiro. Conta depois com a participação de várias entidades, com destaque para as apresentações da recém criada Associação de Empresários do Vale do Guadiana.
Serão igualmente apresentados casos de sucesso ao nível do associativismo empresarial (Associação Comercial e Industrial de Ponte de Sor) e será abordado o tema das empresas familiares (Associação de empresas familiares e casa Cravinho).
Complementarmente serão apresentados mecanismos de apoio no âmbito do PDR 2020 pelo NERBE/AEBAL e as oportunidades geradas com a candidatura de Mértola e Património da Humanidade.

Os empresários devem formalizar a sua inscrição até dia 29 de novembro, pelo telefone 2866101100 ou pelo endereço eletrónio doramaio@cm-mertola.pt.

Apresentação da revista "Nova Síntese" no Museu do Neo-Realismo

No próximo dia 3 de dezembro, pelas 16h00, decorrerá no Auditório do Museu do Neo-Realismo a apresentação do n.º 9 da Revista Nova Síntese – Imprensa Regional e Neo-Realismo, que se debruça sobre a importância da imprensa periódica na génese do movimento neorrealista.A apresentação estará a cargo de António Pedro Pita, Diretor Científico do Museu do Neo-Realismo, e conta com as presenças de Vitor Viçoso, Diretor da Revista, e de António Gomes Marques, coordenador da parte 1 deste número.
Entrada livre, sujeita à lotação da sala.

Contamos com a sua presença.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

SOUSEL: Cantares ao Menino nas freguesias do concelho


Biblioteca Municipal de Sardoal promove Concurso de Contos de Natal

No âmbito da quadra natalícia e com os objetivos de promover hábitos de leitura e estimular o gosto pela criação literária, através da escrita de contos originais, a Biblioteca Municipal de Sardoal promove a 3.ª edição do Concurso “Um Conto de Natal”.
A participação no concurso é gratuita e aberta a todos os interessados a partir dos seis anos de idade, sendo a atribuição de prémios dividida em quatro escalões: Infantil (6 aos 10 anos); Juvenil (10 aos 18 anos); Adulto (18 aos 60 anos) e Sénior (maiores de 60 anos).
Os Contos vencedores serão expostos em local de destaque na Biblioteca, publicados no portal da Câmara Municipal de Sardoal e nas Redes Sociais da Biblioteca. A entrega dos prémios do Concurso “Um Conto de Natal” será feita em cerimónia pública, enquadrada na comemoração do 19.º aniversário da Biblioteca Municipal de Sardoal, no dia 14 de dezembro.
O Regulamento do Concurso “Um Conto de Natal” e mais informações encontram-se disponíveis em www.cm-sardoal.pt.  

ESTREMOZ: Exposição "Brinquedo Português" para ver até 15 de janeiro

Brinquedo Português é o nome da exposição, de Hélder Máximo Martins, que está a decorrer, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte.
A exposição estava agendada até dia 27 de novembro, mas devido ao elevado volume de visitantes e à aproximação da quadra natalícia, estará em exibição até 15 de janeiro.

A mostra integra literatura estrangeira, livros educativos, jogos, fotos, quadros, vídeos, bicicletas, triciclos, carros de pedais, cavalos de madeira, e plástico, andarilhos, assim como uma outra coleção paralela, denominada “Brinquedos do Mundo”.

NISA: Associação de Pais promovem recolha de brinquedos

A Associação de Pais/Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Nisa, pretende levar a cabo a iniciativa “DIREITO A SORRIR”, que visa tornar o Natal de crianças institucionalizadas mais feliz.
Neste propósito pretendemos recolher, até ao dia 09 de Dezembro, junto das turmas da pré – primária e primeiro ciclo, os brinquedos com os quais o seu filho/educando já não brinca e tentar oferecer as estas crianças um Natal mais feliz.
“Colabora e põe neste Natal mais crianças a sorrir”
Assc. P.E.E.A.E.N
NOTA: Todos os brinquedos recolhidos serão entregues a uma instituição (a definir) de apoio a jovens e crianças em risco e/ou em perigo.

ÉVORA: Concerto de Natal da Santa Casa da Misericórdia

Na continuidade de anos anteriores a Santa Casa da Misericórdia de Évora irá realizar mais um CONCERTO DE NATAL na Igreja da Misericórdia, edifício reconhecido como monumento de interesse público e classificado pela Unesco no âmbito do centro histórico de Évora, onde se destaca a sua riqueza histórica, arquitectónica, artística e cultural.
O Concerto irá decorrer no próximo dia 7 de Dezembro (quarta-feira) a partir das 21h30m e conta com a presença da conceituada Banda de Música da Força Aérea Portuguesa.
O espectáculo terá a duração de cerca de 90 minutos (sem intervalo), de entrada gratuita mas limitada e condicionada pelo espaço disponível, já sendo considerado como um dos mais marcantes espectáculos integrados na quadra de Natal na Cidade de Évora.

O Concerto de Natal da Misericórdia de Évora terá o patrocínio do Montepio Geral-Associação Mutualista.

SINES: Natal no Largo

O centro histórico de Sines transforma-se, nos dias 3 e 4 de dezembro, para receber a quinta edição do Natal no Largo, iniciativa que combina um mercado tradicional de Natal com um programa de animação dirigido às famílias.
No mercado participam dezenas de expositores locais e regionais, entre artesanato e produtos alimentares. Destaque para a 1.ª edição do mercado noturno, no sábado, 3 de dezembro, com o prolongamento da iniciativa até às 23h00.
No programa de animação, haverá fotografias com o Pai Natal, sessões de contos, oficina dos doces, animação de rua, lançamento de neve e concertos pelo grupo The Guest e pelo Coro Gospel de Lisboa, entre outras iniciativas.
O Natal no Largo é organizado pela Câmara Municipal de Sines, em parceria com a Junta de Freguesia de Sines e Escola das Artes do Alentejo Litoral e com o apoio de várias entidades.
Mercado e exposições
O mercado tradicional, com as ruas do centro histórico decoradas, está aberto em ambos os dias a partir das 10h00. No sábado, encerra às 23h00 e no domingo às 20h00.
No Castelo, poderão ser visitadas duas exposições: uma exposição dos trabalhos alusivos ao Natal realizados pelas famílias e alunos da Escola Básica n.º 2 de Sines, no Sala Turismo, e um presépio tradicional da Diocese de Beja, na sala principal do Museu de Sines.
Espetáculos
Os espetáculos são uma componente fundamental do programa de animação.
No sábado, dia 3, o primeiro espetáculo acontece às 17h00 na Praça Tomás Ribeiro: “Um Natal Travesso”, circo e comédia, por Claus e Gobe. Às 18h15, no Largo Poeta Bocage, o Coral Atlântico Juvenil interpreta clássicos de Natal. Às 21h15, também no Largo Poeta Bocage, o grupo The Guest apresenta um concerto especial de Natal, com lançamento de neve.
No domingo, dia 4, o primeiro espetáculo do dia, às 17h00, na Praça Tomás Ribeiro, é um circo ambulante. Às 18h15, as mais belas canções de Natal enchem o Largo Poeta Bocage pelas vozes soul do Coro Gospel de Lisboa, com lançamento de neve.
Gastronomia

A gastronomia volta a perfumar o Natal no Largo com iniciativas na cafetaria do Castelo.
Nesta edição, haverá, no dia 3, duas oficinas de bolachas de Natal, com a chef pasteleira Márcia Santos (Pura Gula), e, no dia 4, duas oficinas de pizzas de chocolate, pela Pizzeria La Bella Vita. Destinam-se ambas a crianças dos 4 aos 12 anos e necessitam de inscrição.
Os showcookings, às 16h30, estarão a cargo do chef siniense João Freitas (restaurante Tasca da Aldeia), no dia 3, e do restaurante Mercado à Mesa, no dia 4.
Contos e laboratórios
Os laboratórios para crianças e famílias, nos antigos correios, vão dar oportunidade de criar uma meia de Natal muito especial, no dia 3, e de construir brinquedos originais e exclusivos, no dia 4. Ambos às 15h00.
Além dos laboratórios, decorrem sessões de contos. Destaque para a sessão de contos noturna a realizar no sábado, às 21h00, na Praça Tomás Ribeiro, aquecida com chocolate quente.
Pai Natal
Em ambos os dias, nos antigos correios, as crianças poderão escrever a sua carta ao Pai Natal e colocá-la no marco do correio. Mesmo em frente dos antigos correios, poderão tirar fotografias com o Pai Natal.
Às 10h30 de sábado e domingo, o mercado é percorrido por uma parada de Natal.
Fitness
O exercício físico estará presente com duas aulas no Largo Poeta Bocage, às 11h15: zumba, pela instrutora Nady Alves, no dia 3, e takedance, pelo instrutor Tomané, no dia 4.

VILA VIÇOSA: Exposição SerosoMilitano na Galeria Aqui D´el Arte

A Galeria AQUI D'EL ARTE encerra a programação de 2016 com a exposição SEROSOMILITANO Detrás do olhar, da autoria de Pietro Viscomi.
Com inauguração no dia 3 de Dezembro, às 16h00, este conjunto de fotografias mostra a incrível história de Jerusalém.
O fotógrafo tem intentado captar através da sua objectiva a maneira pela qual os milénios de história e a mistura cultural e religiosa têm traçado uma cidade que, para aqueles que a visitam, continua a surpreender precisamente pelo ecletismo e culturalismo.
Esta exposição estará patente na Galeria AQUI D'EL ARTE, nas instalações do CECHAP, em Vila Viçosa, até 21 de Janeiro de 2017.
Uma organização CECHAP

Com o apoio Câmara Municipal de Vila Viçosa e Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz

Açorda portuguesa é nutritiva, com certeza!

Pão de trigo, sem ter sombra de joio;
Azeite do melhor, de Santarém;
Alho do mais pequeno e saloio,
Ponha em lume brandinho e mexa bem;

Sal que não seja inglês – porque é remédio
Toda a criança assim alimentada
É capaz de deitar abaixo um prédio,
Quatro meses depois de desmamada:

Com este bom pitéu sem refogados,
Invenção puramente luzitana,
Os ilustres varões assinalados
Passaram inda além da Trapobana.

Fortes p´la açorda, demos nós aos mouros
Como se sabe, uma fatal derrota;
E abiscoitamos majestosos louros
Para os nobres troféus de Aljubarrota.
José Inácio de Araújo

sábado, 26 de novembro de 2016

Vidigueira candidata Vinho da Talha a Património Imaterial da Humanidade

Vidigueira, em parceria com Moura, Cuba e Aljustrel, está a fazer a candidatura do vinho de talha a património imaterial da humanidade. O Município de Vidigueira fez o anuncio ontem, considera que esta candidatura homenageia todos os produtores de vinho de talha responsáveis por manterem a tradição até aos nossos dias e espera ter a classificação assegurada antes de 2020.
Helena D'Aguilar, vice-presidente da Câmara de Vidigueira, explicou porque é que esta candidatura é apresentada por quatro municípios e esclareceu que a ela se juntam também, todos os produtores, que são mais de 150.
Helena D'Aguilar prosseguiu referindo que o interesse nesta candidatura não é de hoje e que a mesma tem como objetivo fundamental salvaguardar o produto vinho de talha e acima de tudo a forma artesanal, e ancestral de o produzir. Acrescentou que são características que fazem do vinho de talha um produto único e que fazer do mesmo património imaterial da humanidade ajuda a evitar a sua massificação ou até industrialização.
O vinho de talha liga bem com o património edificado S. Cucufate e com o Centro Interpretativo que a autarquia candidatou e que pretende criar, frisou a vice-presidente da Câmara de Vidigueira. Para Helena D'Aguilar há vantagens nesta classificação, que vão contribuir para a criação de outros negócios e de novas dinâmicas de promoção turística no concelho, centradas na tríade: vinho de talha, S. Cucufate e Centro Interpretativo.
O trabalho da candidatura, em termos de recolha, está bastante avançado, assim como os contactos estabelecidos com os parceiros, adiantou a vice-presidente da Câmara de Vidigueira. Acrescentou que para além dos três municípios são parceiros, igualmente, a Turismo do Alentejo e a Direção Regional de Cultura do Alentejo. Helena D'Aguilar disse ainda, que Vidigueira e os seus parceiros acreditam que em dois/três anos, a candidatura possa estar consolidada e que o reconhecimento do vinho de talha como património imaterial da humanidade possa chegar antes de 2020.

ALCÓRREGO: Baile de Natal no salão da Junta

A iniciativa decorre, no próximo dia 10 de dezembro, no Salão da Junta de Freguesia, em Alcórrego, a partir das 21h30, numa organização da União de Freguesias de Alcórrego e Maranhão e do Clube de Ténis de Mesa de Alcórrego, com o apoio do Município e de outras entidades que se dispuseram a patrocinar o evento.

ALTER DO CHÃO: II Encontro Cantadores de Saias

Comemoração do 35º Aniversário

No próximo dia 30 de Novembro de 2016 venha passar um serão diferente, haverá surpresas...junte-se a esta grande família...

SOUSEL: Exposição "As caixinhas de música"


Câmara Municipal de Évora acolhe o II Congresso Nacional de Informação Turística

Subordinado ao tema «Património Mundial - a importância da Interpretação Qualificada», terá lugar nos próximos dias 2 e 3 de Dezembro, no Palácio de D. Manuel, em Évora, o CNIT-2016.
Na sequência do trabalho que a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver na área do turismo, tendo em conta a importância de que se reveste como fator determinante na divulgação dos valores patrimoniais que tornam a cidade de Évora uma referência ímpar, o Município acolhe em Évora a segunda edição do CNIT, Congresso Nacional de Informação Turística.
Com organização da Associação Portuguesa dos Guias-Intérpretes e Correios de Turismo e integrando o programa das comemorações oficiais do 30º Aniversário da Classificação de Évora Património Mundial pela UNESCO, o CNIT pretende reunir académicos, estudantes e profissionais, com o objetivo de questionar e debater o papel da informação turística na interpretação e divulgação do património, em especial o que se encontra classificado.
Estima-se a presença de 150 participantes
«Património Mundial: a interpretação qualificada» - 2 e 3 de Dezembro
PROGRAMA
2 Dezembro 2016, Sexta-feira
Abertura do secretariado
Sessão de Abertura
* Cristina Leal, Presidente da Comissão Organizadora, Boas-vindas e objectivos do congresso
* Vereador Dr. Eduardo Luciano, em representação da Câmara Municipal de Évora. Boas-vindas
* Dra. Ana Paula Amendoeira, Directora Regional de Cultura do Alentejo
* Dra. M. de Lurdes de Serpa Carvalho, «Património Mundial Cultural e Natural no Mundo e em Portugal»
* Dr. Joaquim Ruivo, Director do Mosteiro de Nossa Senhora da Vitória: Introdução do tema do CNIT 2017
Questionar a profissão
* Doutoranda Lina Uzlyte, «The cultural mediation’s approches in Europe
from tourist guide’s perspective»
Coffee break
Keynote Speaker
* Prof. Doutor António Camões Gouveia, «Évora, século XV a XXI: Uma Corte, um Cronista, um Cancioneiro, uma Idade, um Museu»
Almoço livre
A Academia e a Técnica Profissional, Parte I
* Prof. Doutor André Carneiro, «Percursos e histórias sobre a Ebora romana»
* Prof. Doutor José Sobral, «A alimentação como património e o revivalismo da cozinha regional em Portugal»
Coffee break
* Dr. José Rui Santos, «Évora islâmica: das fontes literárias à materialidade arqueológica»
Visita ao Palácio Cadaval e sua Igreja (antiga Igreja dos Loíos)
Jantar no Restaurante Cinco Quinas (Palácio Cadaval)
3 Dezembro 2015, Sábado
Abertura do secretariado
A academia e a técnica profissional, parte II
* Dr. André Martins da Silva, «Ferramentas teóricas da História da Arte para a prática profissional do Guia-Intérprete»
* Dra Apolónia Rodrigues, «Dark Sky Alqueva: o Destino das Estrelas»
Coffee Break
* Prof. Doutor Luís Carvalho, «Património Cultural – Uma perspectiva botânica»
Almoço livre
* Dr. Marcial Rodrigues, Vice-presidente do grupo Pró Évora- Associação de Defesa do património da cidade de Évora
* Prof. Doutor Filipe Themudo Barata, «Turismo, Indústrias Culturais e Criativas e os novos contexto de trabalho no sector»
* Dr. Paulo Lima, “Canto Alentejano, foz de muitos rios”
Actuação do grupo Cantares de Évora
Cerimónia de Encerramento do Congresso

Encerramento do secretariado

Natal em Reguengos vai divertir as crianças no maior escorrega insuflável do país

 O Natal em Reguengos de Monsaraz inicia-se no dia 1 de dezembro, às 16h, com a chegada do Pai Natal acompanhado pelos duendes, num cortejo com muita “neve” no centro da cidade. No Natal em Reguengos, o Município de Reguengos de Monsaraz propõe atividades para as crianças durante as tardes na Praça da Liberdade e apresenta este ano pela primeira vez o “Snow Slide”, o maior escorrega insuflável de Portugal, com 10 metros de altura e 30 metros de comprimento.
Nos fins de semana e feriados até 18 de dezembro, o Pai Natal abre a porta da sua casa a partir das 15h para tirar fotografias com as crianças. Nestes dias haverá também animação de rua e passeios de charrete para crianças, acompanhadas por duendes.
 Para além destas diversões, os escuteiros vão realizar nas tardes do primeiro fim de semana do mês diversas atividades na Praça da Liberdade. No domingo, dia 4 de dezembro, haverá ainda animação musical com o grupo Sol e Dó, da Banda da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense, e com a Banda Juvenil da Sociedade Filarmónica Corvalense, e no dia feriado de 8 de dezembro realiza-se um Peddy Paper familiar intitulado “Caça aos Duendes”.
No dia 10 de dezembro decorre um ateliê de Natal e uma ação de promoção do comércio local, intitulada “Reguengos Solidário – Cidade Viva”, que terá modelos nas montras das lojas entre as 11h e as 13h e das 15h às 19h e será uma forma apelativa de apresentar os artigos aos consumidores. No dia seguinte, 11 de dezembro, à diversão habitual junta-se a atuação do grupo de dança da Academia de Dança e Artes Performativas da Sociedade Artística Reguenguense e a dramatização do conto “Um Conto de Natal”, de Charles Dickens, iniciativa que vai decorrer no Auditório Municipal.
No dia 16 de dezembro, pelas 14h, no Pavilhão Álamo do Parque de Feiras e Exposições, decorre a Festa de Natal Seniores a Mexer 2016. O último fim de semana do Natal em Reguengos terá, tal como nos anteriores do mês, os habituais passeios de charrete, o “Snow Slide” e as sessões fotográficas das crianças com o Pai Natal, mas também um Ateliê de Natal, no dia 17 de dezembro, e a fechar, no dia seguinte, haverá Cante Alentejano com as atuações do Grupo Coral Os Bel’Aurora de Campinho e o Grupo Coral Os Amigos do Cante de S. Marcos do Campo – Falcões.
Entre os dias 1 de dezembro e 6 de janeiro poderá ser apreciada uma mostra de presépios produzidos por crianças, que vai estar exposta no Salão Nobre dos Paços do Concelho, e o Presépio de Rua com figuras em tamanho real, na Praça da Liberdade.

CABEÇÃO (Mora): XXII Prova de Vinho Novo

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

MORA: XXI Mostra Gastronómica da Caça



XXXI Feira do Livro de Constância

Livros, artes e animação concentram-se em feira de Constância
Constância vai receber, entre 28 de Novembro e 4 de Dezembro, um certame dedicado ao livro e à promoção da leitura, mas que não se fica por aí. A feira, além da comercialização de livros e sessões de apresentação com escritores, acrescenta demonstrações culinárias, oficinas temáticas, teatro, música, exposições, animação infantil, entre outras actividades lúdicas.
Autores como Domingos Amaral, escritor de “Assim Nasceu Portugal”, Guilherme Duarte, blogger de “Por Falar Noutra Coisa”, Isabel Zibaia Rafael, do “Cinco Quartos de Laranja”, Maria João Lopo de Carvalho, Vergílio Alberto Vieira e o maestro Victorino d’Almeida vão marcar presença nesta 31ª Feira do Livro de Constância. O Cine-Teatro Municipal será o palco deste evento com a duração de uma semana, organizado pelo Município de Constância, através da Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill, e em parceria com a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior.
À conversa com…
Todos os dias, o certame conta com a presença de autores, para falar dos seus romances, livros infantis, de poesia, música e até de crónicas humorísticas.
Os mais pequenos terão oportunidade de conhecer Manuela Ribeiro, das “Aventuras de Miguel e Ricardo”; Nazaré Lobato, escritora de “Uma Aventura na Quinta dos Malmequeres”; e Vergílio Alberto Vieira que, além de Portugal, tem obras editadas em Espanha, Bulgária, Egipto, Moçambique e Brasil. A autora de livros infanto-juvenis, mas que nesta Feira do Livro vem apresentar o seu último romance sobre as sete mulheres que amaram Luís de Camões, Maria João Lopo de Carvalho estará na manhã de dia 28 de Novembro, na Casa-Memória do poeta. Também o actor António Fonseca trará um trabalho sobre o épico, dando a conhecer, na tarde do dia 4 de Dezembro, o audiolivro” Os Lusíadas como nunca os ouviu”.
Outros escritores irão participar no evento, autografando as suas obras e dando o seu testemunho, como Maria João Gonçalves a 29 de Novembro; Ana Simão a 30 de Novembro; Emílio Miranda e Domingos Amaral a 1 de Dezembro; Catarina Lino, Leonor Salgueiro e Guilherme Duarte a 3 de Dezembro; Li Marta e o maestro Victorino d’Almeida a 4 de Dezembro.
Livros para aquecer a alma, degustações para confortar a barriga…
E porque se escrevem receitas sobre iguarias, a 31ª Feira do Livro de Constância conta com a autora de um dos melhores blogues de culinária, Isabel Zibaia Rafael. A “Laranjinha” partilhará algumas das suas entradas para o Natal. Também o curso de Restauração e Turismo, da Escola Luís de Camões, brindará os visitantes do certame com sabores da quadra que se avizinha e bebidas inspiradas em Constância.

Oficinas e seminários temáticos 
O programa inclui seminários para profissionais da informação, professores e comunidade académica, que ocuparão o dia 2 de Dezembro. As iniciativas da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas, têm inscrição obrigatória no sítio da Internet da BAD.
Já as oficinas destinam-se, essencialmente, ao público escolar e diversificam nos temas. Para o 3º ciclo do Ensino Básico haverá uma de escrita criativa. Os alunos do Secundário terão um workshop de caracterização. E no dia 3 de Dezembro decorrerá uma actividade para pais e filhos sobre música.
Teatro, música, exposição e animação infantil 
A 31ª edição da Feira do Livro de Constância contempla, ainda, uma exposição de pintura, de Massimo Esposito e seus alunos. Duas peças de teatro: “Tomem lá do Camões”, das Produções Tomem Lá, na noite de 30 de Novembro e “Agarra que é Milionário”, do Grupo Cénico da Sociedade Artística Tramagalense, na tarde de 1 de Dezembro. Vários jogos gigantes, das Ideias com História, e muita animação infantil.
A terminar este evento, o maestro António Victorino d’Almeida deliciará a audiência ao piano com a sua “Sinfonia Nº6”.

Para mais informações consulte os sites da organização em www.cm-constancia.pt e www.tagus-ri.pt.

AVIS: Noite de Fados na Casa do Benfica

A Noite de Fados regressa, para a sua 14.ª edição, ao Pavilhão da Casa do Benfica em Avis. Decorrerá na noite de 26 de novembro, a partir das 21h00, contando com a atuação de um prestigiado elenco de artistas como António Pinto Basto, Bia Ferreirinha, Francisco Mau-Homem, Sílvia Somer, António Sarmento e Mónica Silva, que darão voz ao Fado, acompanhados pela Guitarra de Jorge Silva e pela Viola de Rogério Rosa.

O espetáculo, uma organização da Casa do Benfica em Avis, irá chegar a todos públicos, sócios e não sócios desta Associação, adeptos deste género musical tão português, num evento tornado já uma atração cultural que receberá o apoio do Município de Avis.

PORTALEGRE: Sessão "Outono em Poesia"


ALTER DO CHÃO: A Banda vai ao Mercado


ÉVORA: Aniversário da Associação do Imaginário

Sócios e amigos do Imaginário
A nossa associação comemora no próximo sábado, 26 de Novembro, a partir das 22h00, mais um aniversário.
Catorze anos que se mantêm vivos, graças à vontade, ao trabalho e empenho dos seus colaboradores; alicerces firmes, daquilo que hoje somos: um colectivo que com determinação faz crescer o seu projecto. E apesar das adversidades, transforma por vezes, utopias em realidade…
Vem festejar connosco!

Traz contigo amigos…nossos amigos serão!

Apresentação do CD Cante Alentejano do concelho de Vidigueira

Venha assistir à apresentação do CD Cante Alentejano do concelho de Vidigueira, no próximo domingo, 27 de novembro, pelas 15 horas, no CENTRO MULTIFACETADO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE VIDIGUEIRA, com atuação de grupos corais, magusto e prova de vinho novo.
Um dos grupos corais que participa no CD é o Grupo Coral Os Vindimadores de Vidigueira, um dos mais antigos Grupos corais Alentejanos. Fundado no já longínquo 1935, ano em que faz a sua 1.ª apresentação em Lisboa no teatro São Luís. Na sua longa existência, “Os Vindimadores”, têm passado por várias fases. Na década de 60 esteve à sua Frente o saudoso Manuel ”João” Mansos. Vive agora, desde 1986, uma fase ininterrupta de atividade. Esteve presente nalguns programas de Televisão (o ultimo dos quais no dia 04/04/2015 no programa ”Aqui Portugal” na RTP 1). Tem percorrido, praticamente, todo o país (do Minho ao Algarve) em atuações de divulgação do cante alentejano. Em colaboração com a COMPAGNIE PIERRE DELOCHE DANSE, uma parte do grupo esteve presente no encontro ACARTE/92 na Fundação GULBENKIAN, em Lisboa, para a apresentação do trabalho de Dança Contemporânea – TEJALÉM. Em colaboração com a mesma companhia de dança, também uma parte do grupo se deslocou a França, em abril e novembro de 1993, abril de 1994, em outubro e novembro de 1995 e em março de 1997 para apresentação do Trabalho – CAMPOS- e em espetáculos de Cante Alentejano em Varias Cidades de França. Em 2003 deslocou- se à Cidade Espanhola de Zafra em Representação do Município de Vidigueira na Feira de Exposições desta cidade estremenha. Em abril de 2004 foi até Macau (Território do Sul da China e de antiga Administração Portuguesa) Para Celebrar o 25 de Abril com a Comunidade portuguesa aí residente. Em novembro de 2005 a convite da Sociedade Austro-Portuguesa Deslocou – se a Viena de Áustria para as comemorações do 40.º Aniversário da Mesma Sociedade. Nas décadas de 60/70 gravou alguns discos que se encontram esgotados. Em abril de 1993 gravou em França um CD, em Dezembro/95, de colaboração com os Grupos Corais alentejanos gravou um CD- Cante do Natal e do Ano novo - numa edição de “IMENSO SUL” - gravou, em 1998 um novo CD – Por causa do Meu amor/ Meteram- se num Convento.
Repertório – Consta das Modas Tradicionais alentejanas e resulta de recolha feita pelo próprio grupo.
Traje – Calça e colete preto e lenço ao pescoço (traje de festa dos anos 20/30 do séc. XX, sem a jaqueta). No Inverno – capote alentejano.
O número de elementos do grupo oscila entre 22 e 25.
Presentemente, um grupo de jovens, no desejo de continuar o cante alentejano, começou a integrar o Grupo Coral.

O Padre Manuel Reis tem a seu cargo a representação do Grupo.

AVIS: Apresentação de livro de poesia

No próximo dia 26 de novembro, a Casa do Povo de Aldeia Velha vai ser palco da apresentação do livro de poesia Ao Charruar da Terra Dura, um livro de "Décimas, Quadras e outros Versos" que "nasce em flor, da vontade e do desejo de Joaquim Honorio de Oliveira Lobato, mais conhecido por Joaquim Martinho", num evento que irá receber o apoio do Município de Avis e da Freguesia de Aldeia Velha.
O lançamento da sua primeira obra poética, no qual estará envolvido Dinis Muacho, o poeta alentejano de reconhecido nome, nacional e internacional, autor de "Poemas de um Cacarrusso", "Da cor dos meus olhos" e " Incensus", vai ter lugar, a partir das 15h30. Um espaço de encontro e partilha da palavra e da música, numa sessão que contará com a atuação de Filipa Lobato (voz), Joaquim Lobato (voz), José Pais (voz e viloa de fado) e Sebastião (guitarra portuguesa), dispostos a representar, interpretar e divulgar o Fado, esperando proporcionar bons momentos de puro entretenimento a todos quantos quiseram, com a sua comparência, honrar o acontecimento.
Joaquim Honorio de Oliveira Lobato nasceu no Monte de Coelheiros, freguesia do Maranhão, concelho de Avis, corria o ano de 1937. Começa a vida como Ajuda de seu pai, pastor no Monte Carvalhoso, na freguesia de Cabeção, como porqueiro e ovelheiro, aos sete anos de idade. Aos catorze, passa a Moural do gado, na antiga aldeia de São Martinho, "lugar emblemático das terras da dinastia de Avis", no termo da freguesia que o viu nascer e, com vinte, acabados de completar, toma rumo a Lisboa para assentar praça no Regimento de Engenharia n.º 1. Depois da tropa, regressa a São Martinho onde continua as funções de Moural dos gados. Casa e tem filhos. Em 1981 radica-se, definitivamente em Aldeia Velha de Santa Margarida, onde já trabalhava na Cooperativa 29 de Julho local e "por cá se afeiçoou e por cá ficou". O poeta nascido no Maranhão que só em adulto completou a quarta classe de escolaridade, com a ajuda dos professores Mário Pinto e Amélia Lúcia, está agora reformado. Avô de duas netas dedica o seu tempo à caça, à horta, ao quintal, aos animais e à poesia, esse "dom natural que lhe pertence" e que apresenta aqui nesta Obra, autêntica e genuína, num "falajar" deste povo imenso ao sul do rio Tejo, e a que Joaquim Martinho pertence.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

GAVIÃO: Concurso de Presépios

MONTE CLARO (Nisa): Caminhada "Pais, Filhos e Netos"


ÉVORA: Apresentação do livro "Pavia, Meu Encanto"


PORTALEGRE: Curso de Árbitros de Futebol e Futsal

O Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Portalegre, promove no início de cada época desportiva, cursos de candidatos a Árbitro de Futebol e Futsal.
Os interessados devem dirigir-se à Sede da Associação de Futebol de Portalegre, junto do Conselho de Arbitragem, ou solicitarem mais informações pelo e-mail arbitragem@afportalegre.com ou pelo telefone 245302356

SINES: Dia do Município

Um concerto de António Zambujo e uma exposição com obras de artistas locais são os destaques do programa de comemorações do Dia do Município, em Sines, que terá a lugar a 24 de Novembro
Segundo a autarquia, o cantor alentejano sobe ao palco do pavilhão multiusos da cidade, pelas 21:30 de sexta feira dia 24 de Novembro, num espectáculo com entrada gratuita.
A exposição colectiva com trabalhos de pintores, escultores e fotógrafos de Sines, intitulada “Impressões Locais”, foi inaugurada, no sábado, no centro de artes da cidade.
O município de Sines comemora 654 anos na quinta-feira, mas as celebrações prolongam-se durante toda a semana e incluem também a exposição "Artesanato, instrumentos musicais e festa", na sede da associação Arte Velha.
No âmbito destas comemorações já abriu a Feira do Livro na Escola Secundária Poeta Al Berto e está marcado um concerto com o Coral Atlântico para as 21:00 de quarta-feira, no salão social da Santa Casa da Misericórdia de Sines.
Um dos pontos altos das comemorações do Dia do Município está agendado para quinta-feira, no edifício dos Paços do Concelho, com o hastear da bandeira, pelas 10:00, e a sessão solene da Assembleia Municipal, uma hora depois.
Ainda na quinta-feira, abre a exposição “Sines na Grande Guerra”, que assinala o centenário da entrada de Portugal na I Guerra Mundial, e são disponibilizadas as novas edições dos livros “Ele”, de Cláudia de Campos, e “Breve Notícia de Sines”, de Francisco Luís Lopes.
Para sexta-feira, além do concerto de António Zambujo, está marcada para o centro de artes, pelas 10:0, mais uma edição do concurso “Historiões”, sobre a história de Sines para alunos do 4.º ano do ensino básico.
O município prevê entregar, pelas 10:30, de sábado, também no centro de artes, a medalha de mérito municipal a duas descendentes da escritora Cláudia de Campos, seguida de uma visita aos locais ligados à sua vida e obra.
As comemorações encerram, no sábado, com a iniciativa desportiva “Alentejo+Ativo Mexe-te Connosco #SinesFit 2016”, no pavilhão dos desportos, e um concerto da banda Sátira, no salão da música, que regressa ao activo após década e meia de ausência.
Até 15 de janeiro, o Centro Cultural Emmerico Nunes, em Sines, acolhe quatro exposições de artistas com ligações a Sines e à região, reunidas na 7.ª edição do projecto "Valores do Sítio de Sines".