domingo, 5 de março de 2017

A voz da população em defesa da Robinson entrou na Assembleia da República.


Luís Pargana, Manuela Cunha, José Lopes Cordeiro e João Gordo, primeiros subscritores da Petição "Salvem a Robinson - Património Industrial Corticeiro", entregaram hoje, dia 3 de março, as mais de 4 300 assinaturas em defesa daquele importante património material e imaterial, localizado em Portalegre.
Esta delegação foi recebida pela Vice-presidente da Assembleia da República, Deputada Teresa Caeiro, em representação do Presidente daquele Órgão de Soberania, numa audiência que durou mais de duas horas e onde se foi abordada a situação daquela antiga fábrica corticeira, a sua história e se perspectivou o seu futuro enquanto recurso de desenvolvimento.
Sublinhou-se o carácter único do património de arqueologia industrial da antiga Fábrica Robinson e a sua importância para o desenvolvimento de Portalegre e para a criação de riqueza e bem estar para os portalegrenses.
O futuro debate deste assunto no Plenário da Assembleia da República será um contributo decisivo para a preservação e valorização deste património que é identidade de Portalegre e de Portugal.