sexta-feira, 31 de março de 2017

PONTE DE SOR: Conferência com o Prémio Nobel da Paz 2015

 No próximo sábado, 1 de abril, e por ocasião da reunião anual das cidades da rede do Festival 7Sóis7luas, que vai decorrer em Ponte de Sor durante todo o fim de semana, dois acontecimentos vão marcar a tarde. Às 15:30 h, no Centro de Artes e Cultura, a inauguração da exposição "Espaços, Atmosferas e Cores D'Essaquira Mogador", de Fatima Bikerrouane, Slimane Drissi e Mohamed El Mountassir. Uma hora mais tarde, 16:30 h, no Teatro- Cinema de Ponte de Sor, a conferência " Transição Democrática na Tunísia: Realidade e Perspetivas", proferida por Mohamed Fadhel Mahfoudh (Tunísia), Prémio Nobel da Paz 2015.
O quarteto constituído pela União Geral Tunisina do Trabalho (UGTT), a União Tuinisina da Indústria, Comércio e Artesanato (UTICA), a Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia e a Liga de Defesa dos Direitos Humanos ganhou em 2015 o Prémio Nobel da Paz.
O Comité Nobel norueguês atribui o Nobel de 2015 ao Quarteto para o Diálogo Nacional da Tunísia, pela sua decisiva contribuição para a construção de uma democracia pluralista no país no rescaldo da revolução Jasmim de 2011, que levou à queda do presidente Bem Ali, no cargo desde 1987.
Com início na Tunísia em 2010 -2011, a Primavera Árabe rapidamente alastrou a vários países no norte de África e Médio Oriente. Em vários destes países, a luta pela democracia e direitos fundamentais chegou a um impasse ou sofreu retrocessos.
A atribuição deste nobel assenta em duas ideias: encorajar e servir de exemplo.
O advogado Mohamed Fadhel Mahfoudh é bastonário da Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia e vai proferir a conferência " Transição Democrática na Tunísia: Realidade e Perspetivas".